Talvez você já tenha ouvido aquela velha conversa de que projetos tendem a resultar em falhas. E pode ter certeza de que isso é uma afirmação verdadeira, porém é importante entender quais fatores vão impulsionar ou atrapalhar o seu projeto. Independentemente de ser um projeto de software, engenharia civil, engenharia elétrica, arquitetura, design de ambientes ou simplesmente um projeto de vida.
Se for consultar a internet em busca de uma lista de fatores de sucesso em projeto, certamente vai encontrar a lista publicada pelo The Standish Group que é chamado de The Chaos Report, na publicação de 2015 foram listados os seguintes pontos:


1. Patrocinador Executivo

Quando um ou mais executivos concordam em conceder todos os subsídios necessários para garantir que o projeto seja finalizado com sucesso.


2. Maturidade Emocional

Está relacionado diretamente as pessoas, e melhor que isso, como as pessoas interagem, como é o comportamento das pessoas quando trabalham juntas. Basicamente é a soma das suas habilidades e deficiências que terminarão a maturidade emocional dos envolvidos no projeto.


3. Envolvimento do Usuário

Vou usar uma metáfora para explicar esse tópico. Basicamente, é quando você leva o seu usuário junto com você em uma corrida de táxi. Quando você mantém o seu usuário próximo, presenciando todo e qualquer evento, deixando-o fazer parte dos processos de decisão e assim escolhendo o melhor caminho a ser seguido. Caso a corrida de táxi resulte em um atraso a um compromisso, você pode ter certeza que seu usuário não terá reclamações a fazer, pois ele participou de todas as escolhas, presenciou todos os acontecimentos durante o percurso. Agora, experimente deixa-lo fora de contexto, tenho certeza absoluta que não importará o seu argumento para justificar o atraso.


4. Otimização

Significa melhorar a eficiência dos negócios de forma estruturada, essa otimização é adquirida como consequência do bom gerenciamento de escopo, de tal forma a manter o escopo alinhado com o valor de negócio.

5. Equipe Qualificada

Uma equipe composta por pessoas qualificadas torna a execução do projeto mais natural, o aproveitamento de recursos e tecnologia serão melhor aproveitados, a expertise da equipe fará diferença na execução dos requisitos do projeto, assim como a entrega do projeto e/ou produto propriamente dito.


6. Arquitetura Padrão

O Grupo Standish define como um grupo consistente de práticas, serviços e produtos integrados para desenvolver, implementar e operar aplicativos de software.


7. Processos Ágeis

Processos ágeis pode produzir ótimos resultados, mas é importante que os envolvidos do projeto estejam alinhados a essa cultura. Segundo o Grupo Standish A competência ágil significa que a equipe ágil e o proprietário do produto são qualificados no processo ágil. A proficiência ágil é a diferença entre bons resultados ágeis e desfechos ruins e ágeis.


8. Execução Modesta

Execução modesta é saber usar as ferramentas e técnicas de gerenciamento de projetos da melhor forma possível, principalmente sem “engessar” a execução do projeto, de tal forma, a automatizar processos.


9. Expertise em Gerenciamento de Projetos

Qualificação dos conhecimentos, habilidades e técnicas de gerenciamento de projetos, de tal forma a produzir melhor desempenho e agregar valor para a organização.


10. Objetivos Claros de Negócio

Ter os objetivos do projetos bem claros e explícitos a todas as partes interessadas, e também podemos afirmar que o objetivo do projeto deve estar alinhado a estratégia da organização.
Não significa que para o ter sucesso em um projeto temos que olhar apenas para esses itens, mas certamente, se já conseguirmos garantir que pelo menos esses dez itens, possam ser cumpridos a chance do projeto fracassar é menor.