Fazer o básico bem feito com pequenos gestos

Esse assunto não é nenhuma novidade, ou pelo menos, não estou fazendo nenhuma inovação ao retomar esse assunto. Vou apenas traçar um ponto de vista para utilização em qualquer momento do nosso dia a dia.

O que é fazer o básico bem feito? É entregar o mínimo necessário para conseguir um resultado satisfatório.

Certa vez estive em uma madeireira em minha cidade, e me chamou a atenção um cartaz destinado aos funcionários, com um passo a passo para recepção de clientes. Pequenas dicas como por exemplo, dê bom dia ou boa tarde ao cliente, cumprimente-o respeitosamente e ao terminar o atendimento se despeça do cliente e deseje um ótimo dia ou boa noite. Entre outras dicas que existiam no cartaz, porém, essas marcaram na minha memória.

Quando li, achei um verdadeiro absurdo que alguém tenha que ter isso escrito em algum lugar para que seja lembrado. Mas, isso é fazer o básico bem feito. Por mais, que seja um exemplo simples, é um fator determinante para garantir a satisfação do cliente naquele contexto, a final de contas, o mínimo que qualquer cliente deseja é ser tratado com respeito.

Acredito que com relação a esse exemplo, se o cliente for bem atendido e tratado com respeito, qual será a força para uma possível reclamação? Por exemplo, se a retirada de um material demorar um pouco, o cliente muito provavelmente não fará uma reclamação para a gerencia por conta disso. Quando somos bem tratados, nosso cérebro fica propenso a praticar a empatia, e visualiza com maior facilidade o outro lado da moeda.

Talvez, você já tenha passado uma experiência positiva ou negativa que relembre um contexto parecido ao exemplo citado. Quem nunca foi comprar um calçado e o vendedor levou 4 dias para encontrar a sua numeração no estoque? Você reclamou para a gerência? Você desistiu da compra? Acredito que sua reação foi proporcional à qualidade do atendimento recebido.

Então, chegamos ao mesmo ponto que a terceira lei de Newton, onde toda a ação gera uma reação. E é isso que acredito que devemos trabalhar. Seja no contexto particular ou profissional, sendo funcionário ou empresário.

Quando conseguimos entregar o básico bem feito, temos boa parte do caminho percorrido para superar qualquer expectativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *